GTs apresentam propostas para o setor museal do RJ

Após dois dias de apresentações e debates sobre alguns dos principais instrumentos de gestão oferecidos pelo Ibram ao campo museal brasileiro, em diálogo com a realidade local, o terceiro e último dia de Conexões Ibram Rio de Janeiro foi dedicado à discussão de agendas prioritárias para o setor museal fluminense em Grupos de Trabalho.

Durante toda a manhã e tarde, foram debatidos os temas Plano Estadual Setorial de Museus, Legado Cultural, iMuseus, Estatuto dos Museus e Estratégias de Fomento e Financiamento aos Museus.

Dividido em Grupos de Trabalho, o público presente, composto por profissionais e gestores da área, elaborou propostas com base nas palestras apresentadas e nas ações contempladas no Termo de Cooperação, assinado entre Ibram e Secretaria de Estado da Cultura do Rio de Janeiro, na quarta-feira (26).

“A ideia é estabelecer uma agenda de trabalho de curto e médio prazo entre atores do estado e o Ibram”, explica a coordenadora de Produção e Análise da Informação do Ibram, Mayra Resende.

A programação do Conexões Ibram Rio de Janeiro foi encerrada com apresentação do Quinteto de Jazz do Corpo de Bombeiros.

Texto: Ascom/Ibram
Fotos: Caru Ribeiro -SEC-RJ

Uma ideia sobre “GTs apresentam propostas para o setor museal do RJ

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *


*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>