Programa iMuseus: informação de qualidade sobre os museus brasileiros

Na manhã de abertura do Conexões Ibram em Salvador, a Coordenadora Geral de Sistema de Informações Museais do Ibram, Rose Moreira de Miranda, abriu a mesa sobre o Programa iMuseus destacando que “Informações de qualidade sobre os museus são fundamentais para subsidiar a construção de melhores políticas públicas e adensar o conhecimento sobre o campo”.

Ela explicou que o Cadastro Nacional de Museus, criado em 2006, tem o intuito de abarcar, em um único instrumento de coleta, toda a diversidade dos espaços museais brasileiros.

Quem participou da mesa teve a oportunidade de conhecer um panorama dos museus do país. Rose explicou que há uma distribuição desigual dos museus no país, que acompanha uma lógica social e econômica de ocupação do território. “Nesse sentido, percebemos um ‘vazio museal’ no Centro-Oeste, por exemplo” comentou.

Ela também abordou alguns desafios que ainda precisam ser enfrentados. “No que diz respeito à adaptação dos espaços a outros públicos, como deficientes e turistas estrangeiros, ainda precisamos caminhar muito. Outro dado preocupante é o fato de que só 22% dos museus conta com orçamento anual para execução de atividades”, concluiu.

Texto: Ascom/Dimus
Edição: Ascom/Ibram

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *


*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>