Conexões Ibram: Grupos de Trabalho levantam propostas no encerramento na Bahia

Na tarde do dia 23, o evento Conexões Ibram foi encerrado com a apresentação de propostas construídas nos seis Grupos de Trabalho de formulação de agenda comum de trabalho entre o Instituto Brasileiro de Museus (Ibram/MinC) e a Bahia.

Os integrantes do GT Estratégias de Fomento e Financiamento decidiram priorizar as seguintes demandas: criação de um convênio para elaboração de plano museológico a partir de parceria entre Ibram, Secult, UFBA e UFRB e a instrumentalização de proponentes para a elaboração de propostas e prestação de contas através da implantação de um núcleo de atendimento.

A ampliação do banco de dados do cadastro de profissionais de museus da Bahia, a garantia de recursos para realizar oficinas em todo o território baiano, através de um convênio entre Ibram e Dimus, e o desenvolvimento de cursos de formação específicos no estado foram as propostas resultantes do GT de Formação e Capacitação.

Já o grupo responsável por discutir os Pontos de Memória salientou a necessidade de realizar um encontro estadual sobre o programa, para que todos possam compreender melhor como os pontos se configuram. Durante a plenária, também foi constituída uma comissão de sensibilização para a formação de Pontos de Memória.

Os participantes que discutiram o tema Sistema e Redes de Informação elaboraram duas propostas: comparação entre Cadastro Nacional de Museus (CNM) e o Guia de Museus da Bahia, com o intuito de promover uma troca de informações, e avaliação do modelo de preenchimento do questionário do Cadastro Nacional de Museus.

As principais preocupações argumentadas pelo GT Patrimônio Cultural em Risco e a Integração de Ações Públicas foram a documentação de acervos musealizados ou passíveis de musealização e o controle e segurança de acervos sacros – categoria mais roubada/furtada no país. Continue lendo.

Texto e foto: Ascom/Dimus

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *


*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>