Piauí discute necessidade de ampliar informações sobre os museus

No primeiro dia do projeto Conexões em Teresina, capital do Piauí, o público assistiu a apresentação da socióloga Mayra Resende, coordenadora de Produção e Análise de Informação do Ibram. Ela apresentou o programa iMuseus, que busca um maior adensamento de informações sobre o campo museal brasileiro. Esse projeto foi realizado em 2011 e resultou em dados importantes para o setor no estado.

De acordo com o informativo temático,o Piauí possui hoje um total de 32 museus mapeados pelo Ibram. Destes, apenas 10 são cadastrados. Com cerca de 19% dos museus na capital, é um dos estados com melhor dispersão de museus ao longo de seu território. Melhorar a comunicação entre esses museus e o volume de informação disponível sobre eles são alguns dos desafios locais do setor.

O informativo destaca ainda que os museus piauienses pertencem, em sua maioria, à esfera pública, sendo esta responsável por gerir metade das instituições do estado. Esse cenário possibilita, ainda, o estímulo a parcerias com os diversos atores da sociedade.

O Conexões Ibram no Piauí continua até dia 17 de maio com apresentações sobre Estatuto de Museus e Patrimônio Museológico em Risco, com a participação de técnicos do Ibram.

Na tarde do primeiro dia estão previstas apresentações sobre Plano Nacional Setorial de Museus e o Estatuto de Museus.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *


*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>