10º encontro do Conexões Ibram é aberto em Florianópolis

Cerca de 140 pessoas estiveram presentes na manhã desta terça-feira (14) no cinema do Centro Integrado de Cultura (CIC), em Florianópolis (SC), para a abertura do décimo encontro do Conexões Ibram.

Gestores, profissionais, pesquisadores e estudantes ligados à área de museus de todas as regiões de Santa Catarina participam até amanhã do evento, durante o qual serão apresentados e discutidos alguns dos principais instrumentos de gestão oferecidos pelo Instituto Brasileiro de Museus (Ibram/MinC) ao setor.

A abertura foi marcada pela assinatura de Termo de Cooperação Técnica (foto) entre o Ibram e a Fundação Catarinense de Cultura (FCC) para o fortalecimento do campo museal catarinense.

“O Conexões Ibram é uma de nossas ações mais significativas porque seu objetivo é a consolidação da área de museus em todo o Brasil”, explicou o diretor do Departamento de Processos Museais (DPMUS) do Ibram, Cícero de Almeida (em pé), que representou o presidente do órgão no evento. “Para nós é importante estar em Santa Catarina, onde a Política Nacional de Museus já se encontra em estágio avançado de consolidação”.

O diretor destacou como fatores que contribuem para a atual realidade do setor de museus catarinense a existência da própria FCC, de cursos de graduação em Museologia e de um Sistema Estadual de Museus cuja atuação tem se refletido em melhores projetos para concorrer a editais e outras fontes de financiamento.

O presidente da Fundação Catarinense de Cultura, Joceli de Souza, lembrou que o Sistema Estadual de Museus de Santa Catarina existe desde 1991 e foi reformulado em 2011, com a publicação de decreto que incrementou sua gestão e atuação. “Temos hoje 200 museus mapeados em Santa Catarina, sendo que 168 deles já aderiram ao Sistema Estadual de Museus”, disse.

A programação do Conexões Ibram SC prossegue durante todo o dia com apresentações sobre Sistemas e Redes de Informação (iMuseus); Plano Nacional Setorial de Museus e a Participação do Estado; Estatuto de Museus e Novos Instrumentos de Gestão; e Patrimônio Museal em Risco e a Integração de Ações Públicas.

Texto: Ascom/Ibram
Fotos: Fernanda Peres/FCC

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *


*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>