Conexões Ibram reúne profissionais e gestores da área de museus em Brasília

Depois de passar por outros 13 estados, mais uma edição do Projeto Conexões Ibram reuniu profissionais e gestores da área de museus do Distrito Federal (DF), nesta segunda-feira (5), no Complexo Cultural da República, em Brasília.

Com atividades programadas também para os dias 6 e 7 de novembro, o evento teve início com a assinatura de termo de Cooperação Técnica para o desenvolvimento de ações conjuntas entre o Instituto Brasileiro de Museus (Ibram/MinC) e a Secretaria de Cultura do Distrito Federal.

Na ocasião, o secretário de Cultura do DF, Hamilton Pereira (direita), declarou que o momento era de reconstrução dos sistemas culturais do DF e que as iniciativas de outros estados e o diálogo com as diferentes instâncias da cultura no país contribuirão para proporcionar a avaliação, a reflexão e a formulação de políticas públicas.

Ele destacou a publicação do decreto que dispõe sobre a criação do Sistema de Museus do Distrito Federal (SIM-DF), que permitirá além da captação de recursos, a implementação de várias ações voltadas para a melhoria dos museus do Distrito Federal.

O presidente do Ibram, José Nascimento Jr. (esquerda), ressaltou que a criação do sistema de museus no DF facilitará a interlocução do setor e explicou que a proposta do Conexões Ibram é a construção de um pacto federativo no campo da cultura, voltado para área de museus, para a criação conjunta de uma agenda de trabalho e de políticas comuns.

“A intenção é estreitar os canais para que possamos consolidar as políticas públicas de uma forma pactuada e dialogada com todos os entes da federação, todos os profissionais e todas as instituições museológicas”, concluiu.

Após a assinatura, o evento prosseguiu com as exposições temáticas: Sistemas e Redes de Informação – Programa iMuseus, Plano Nacional Setorial de Museus e Estatuto de Museus e novos instrumentos de gestão. Confira a programação e acompanhe o projeto.

Texto e foto: Ascom/Ibram

Edição carioca do Conexões Ibram é aberta no Centro do Rio

Teve início na manhã desta quarta-feira (26), no Museu Histórico do Corpo de Bombeiros Militar do Estado do Rio de Janeiro, a 12ª edição do projeto Conexões Ibram.

Gestores e profissionais da área de museus das esferas municipal, estadual e federal, além de público interessado em geral, participaram da primeira etapa do evento, marcada pela assinatura de Termo de Cooperação Técnica entre o Instituto Brasileiro de Museus (Ibram) e o Governo do Rio de Janeiro para a realização de ações conjuntas na área museal fluminense.

Na abertura, a superintendente de Museus da Secretaria de Estado da Cultura do Rio de Janeiro, Mariana Várzea, destacou a importância de receber o Conexões Ibram num momento de grande mobilização do setor de museus local em uma série de eventos, a exemplo da 6ª Primavera de Museus e do V Encontro de Museus de Cultura Militar.

A superintendente ressaltou também três importantes convênios firmados entre a Secretaria Estadual de Cultura do Rio de Janeiro e o Ibram, que têm como objetivos a restauração do Museu Antônio Parreira, em Niterói, a revitalização do acervo da Marquesa de Santos para compor o futuro Museu da Moda e a recuperação de parte do acervo dos museus, que servirá como referência para manuais técnicos, auxiliando futuras pesquisas e estudos.

Presente à mesa de abertura, que contou ainda com representantes do Museu Histórico do Corpo de Bombeiros e da representação regional do MinC no Rio de Janeiro, o presidente do Ibram, José do Nascimento Jr., lembrou que o setor de museus é uma das áreas-chave a ser consolidadas no Rio de Janeiro com a proximidade da série de eventos de grande porte que o estado receberá nos próximos anos.

“Nos orgulha muito estar aqui e poder construir ações de forma compartilhada. O Conexões Ibram representa apenas o início do trabalho”, disse Nascimento. “Nossa expectativa é de este seja um pacto de ação comum e que o Rio de Janeiro, que possui grande adensamento de museus e de pensamento museológico, aproveite esta oportunidade para delinear políticas qualificadas para este setor”.

O Conexões Ibram Rio de Janeiro prossegue até a próxima sexta-feira (28), das 9h às 18h, no Museu Histórico do Corpo de Bombeiros Militar do Estado do Rio de Janeiro (Praça da República, 45 – Centro – Rio de Janeiro–RJ). Informações: (21) 2333-1395 e 2333-1354 ou sistemademuseus.rj@gmail.com Confira a programação completa aqui.

(Fotos: Caru Ribeiro | SEC-RJ)

 

Começa o Conexões Ibram Rondônia

Patrícia Albernaz, representante da presidência do Ibram; Emanuel Neri, Secretário dos Esportes, da Cultura e do Lazer de Rondônia e Flávio Araújo, representante do Ministério Público compuseram a mesa de abertura do Conexões Ibram Rondônia, que começou nesta terça-feira, 18 de setembro, em Porto Velho.

O evento teve início com a assinatura do termo de cooperação entre o Ibram e o Estado. O Secretário, Emanuel Neri, destacou a importância do Conexões para Rondônia: “este evento é um marco que vai representar um novo tem para o nosso patrimônio, dentro da Política Nacional de Museus”. Neri reforçou ainda que Rondônia tem poucos museus, mas tem uma história que precisa ser preservada. “Nos próximos anos nós pretendemos ter orgulho dos nossos museus, não só em Porto Velho, mas no estado de Rondônia como um todo”.